Home»Pelo Mundo»Europa»Algarve: Roteiro de 2 dias – O que Fazer?

Algarve: Roteiro de 2 dias – O que Fazer?

0
Shares
Pinterest Google+

Algarve

Algarve: Roteiro de 2 dias - O que Fazer?

Onde ficar?

Ficamos no “hotel” Flow House na cidade de Lagos. A Flow House é uma casa que aluga quartos, como uma pousada mesmo. Você tem a opção de vários tipos de quartos, alguns (como no nosso caso) com banheiro privativo, mas não são todos. Nada luxuoso, muito pelo contrário, mas atende todas as necessidades. Obviamente dependendo do quarto que você escolher. Além do mais, hospedagem em Algarve não é tao barato, e as tarifas aqui são bem em conta em relação a muitos outros hotéis nessa região. Além disso, pelo menos no nosso caso, ficamos o dia todo na praia, o hotel era só para dormir mesmo, então não precisávamos de nada luxuoso. A localização da casa é excelente, fica a aproximadamente 5-10 minutos de carro do centro histórico e das principais praias de Lagos. Não tem estacionamento, mas parar na rua em frente a casa foi bem tranqüilo. A Flow House também organiza aulas de surf e kitesurfing, além de várias outras excursões. Procure e pesquise bastante antes de fechar seu hotel. Abaixo segue algumas opções, pesquise esses e outros até encontrar um que funcione para você.

Dicas de Algarve

Roteiro da Viagem

Algarve (2018)

DIA 1 (Ponta da Piedade / Praia do Camilo / Almoço no O Camilo / Praia Dona Ana / Centro Histórico de Lagos)

Em relação a viagem, saímos bem cedo de Lisboa, pois queríamos aproveitar o dia em Algarve. A estrada é um tapete, alem de Algarve: Roteiro de 2 dias - O que Fazer?ter várias opções de paradas durante o trajeto. Como em muitas outras estradas da Europa, você não consegue fugir dos pedágios, mas pela qualidade da estrada, não tem como achar ruim. O trajeto dura em torno de 2 a 3 horas, dependendo do tráfego e da velocidade na qual você dirige.

Ao chegar em Lagos, fomos direto para a Ponta da Piedade. A Ponta da Piedade é formada por várias formações rochosas, chamadas falésias; algumas de até 20 metros de altura. Esse cenário de grutas, túneis marinhos e o oceano bem a frente formam sem sombra de dúvida um dos lugares mais bonitos em que já estivemos. A vista é espetacular. A grande atração aqui é justamente andar pelas várias falésias e apreciar a vista de vários lugares e ângulos diferentes. Na Ponta da Piedade também se encontra o Farol da Ponta da Piedade, mas não é permitido a subida.

Dependendo do tempo disponível, você pode descer a escada e ir para a parte de baixo das falésias, perto do mar, onde você pode ver as grutas mais de perto. E possível pegar um barquinho e fazer um rápido passeio pelas grutas, mas no nosso caso, iriamos fazer a excursão de caiaque no dia seguinte, então achamos que não valeria a pena pagar. Não deixe de visitar essas grutas, seja de barco ou de caiaque. Se não for fazer nenhuma outra excursão, sugerimos que pegue o barco aqui, pois as grutas aqui são maravilhosas. Outro detalhe muito importante é que se possível, chegue cedo, pois durante o dia vai chegando muita gente.

Nossa próxima parada foi a Praia do Camilo, a uns 5 minutos de carro do Pontal da Piedade. A Praia do Camilo é uma das mais belas e visitadas praias de Algarve. Situado literalmente entre as famosas falésias da região, a praia é deslumbrante.

A entrada da praia é feita através de uma escadaria bem longa, de aproximadamente 200 degraus. Mas acredite, a beleza da praia vale cada esforço de descer/subir todos esses degraus. Além do que, para quem tem dificuldade em relação a isso, você pode ir parando para apreciar e tirar fotos das lindas paisagens que a descida/subida te proporciona. Como em qualquer praia em Algarve, você vai perceber que as águas são cristalinas, com um tom verde claro, e também extremamente geladas, bem diferente das praias quentes que temos aqui no Brasil. Mas como disse antes, nada disso atrapalha a beleza do lugar. Não deixe de comprar algo para beber/comer no topo da escadaria. O restaurante O Camilo, no topo das escadaria, tem uma vendinha, onde você pode comprar água, sucos, biscoitos, frutas, etc.

Depois de aproveitar a praia, almoçamos no próprio restaurante O Camilo. Vista muito bonita. Pelo lugar/vista até parece ser um restaurante muito caro, mas pelo fato de estarmos em Algarve, não achamos esses preços tão exorbitantes. Especializado em frutos do mar, os pratos estavam deliciosos. Pedimos uma porção de lulinhas fritas ao alho e óleo que estavam sensacionais (12,50 Euros) e um filé de peixe grelhado (12,50 Euros), que também estava muito bom. Ambos vinham com acompanhamento. Além disso, pedimos também uma salada mista (3,00 Euros), que era bem simples, mas gostosa. Ótima opção para quem vai a Praia do Camilo.

Saímos do restaurante e fomos para a praia mais famosa de Algarve; a famosa Praia Dona Ana. Assim como a Praia do Camilo, as águas são cristalinas, com um toque bem verde claro. Extremamente geladas também. A praia é bem calma, praticamente sem onda nenhuma. Situada também entre as famosas falésias da região, a Praia Dona Ana é sem dúvida umas das mais belas praias em que já estivemos. Se puder ir somente a uma praia, sem dúvida você deveria ir a essa.

Chegue cedo, pois a praia não é muito grande como as que estamos acostumados aqui. Mesmo não sendo em alta temporada, a praia estava bem cheia. Imagino que no verão ela fica lotada e pode ser difícil de arrumar lugar. Sem contar que foi bem difícil parar o carro, imagina na alta temporada.

Saímos da praia e fomos fazer check-in no hotel, arrumar e ir para o centro de Lagos. Paramos o carro em um dos estacionamentos perto do centro e fomos andando até a parte mais central da cidade. O centrinho da cidade é bem legal, com muitos restaurantes, cafés, lojas e prédios históricos. Dá para passar tranquilamente algumas horas andando e descobrindo o centro de Lagos.

Jantamos em um das centenas de restaurante da região e voltamos para o hotel.

DIA 2 (Excursão de Caiaque / Centro Histórico / Almoço no Restaurante My Sushi)

Acordamos bem cedo e fomos para a Marina no centro de Lagos, onde era nosso ponto de encontro para o passeio. Não deixe de fazer esse passeio (não precisa ser de caiaque, o importante e que você vá conhecer as grutas na parte interior das falésias). No nosso caso, fechamos com empresa Days of Adventure, que parece ser a maior na região. Pagamos 35 Euros por pessoa em caiaque duplo.

Sem dúvida é um passeio sensacional.  Requer um pouco de esforço físico, pois você rema o caiaque por volta de 1:30. Inicialmente você pega um barco até sair da marina e chegar na área das praias, onde começa o passeio de caiaque. A excursão passa por algumas da praias de Lagos, várias grutas e vai até a Ponta da Piedade, onde você volta para o barco, dá alguns mergulhos nas águas geladas de Lagos e volta para a Marina.

Assim que chagamos na marina, ficamos em dúvida se valeria a pena pegar outra excursão para visitar a famosa gruta de Benagil. Decidimos não ir, pois além do sol estar muito quente, custaria mais 40 Euros por pessoa. Parece um lugar maravilhoso, mas ficou para a próxima.

Voltamos para o centro histórico para andar mais um pouco e almoçar antes de pegar a estrada de volta para Lisboa. Almoçamos no restaurante My Sushi. Ótimo restaurante japonês, com opção de rodízio. Por 12 Euros você come a vontade sushis, sashimis e vários pratos quentes. Longe de ser o melhor sushi do mundo, mas tudo estava muito gostoso. Para quem gosta de japonês, vale muito a pena. Chegue cedo, pois alem de pequeno, vive lotado.

Após andar mais um pouco pelo centro, pegamos o carro e voltamos para Lisboa, certo de que um dia voltaremos para passar mais tempo do que dois dias aqui e conhecer as outras dezenas de atrações que não tivemos tempo de ir.

Procurando hospedagem?
O Booking.com têm opções para todos os públicos. Confira preços, disponibilidades e relatos de outros viajantes

Já fechou seu Seguro Viagem?
A Real Seguros cota os melhores preços e planos para você. Confira

Precisa alugar um carro?
O RentCars te mostra a melhor oferta de várias operadoras de uma só vez.

No Comment

Leave a reply