Home»Pelo Brasil»Minas Gerais»Roteiro de 3 dias em Tiradentes. O que fazer?

Roteiro de 3 dias em Tiradentes. O que fazer?

0
Shares
Pinterest Google+

Roteiro de 3 dias em Tiradentes. O que fazer?

ONDE FICAR EM TIRADENTES

Ficamos no Santíssimo Resort, considerado por muitos o principal hotel de Tiradentes. Definitivamente não é uma opção barata, mas o conforto e a vasta opções de lazer que o hotel oferece são excepcionais. Se você tem criança, a mini-fazenda é uma opção fantástica para as manhãs, pois dá para andar de pôneis, tirar leite da vaca, alimentar alguns bichinhos, etc. O Espaço Kids também é bem legal. O hotel também oferece aluguel de bicicletas, passeio a cavalos para adultos, passeio de quadriciclo, quadras de tênis e muitas outras opções. Entretanto, é bom saber que algumas dessas opções são terceirizadas e não são gratuitas; informe-se antes.

O hotel faz jus a sua reputação. Localização perfeita, a 5 minutos do Largo das Forras, atendimento de todos os funcionários excepcional, café-da-manhã muito bom, vasta opções de lazer e tudo de bom que você espera de um hotel desse nível.

Se estiver procurando hotel para sua viagem, o booking.com oferece dezenas de opções com preços bem atraentes. Confira e veja se vale à pena.

RESUMO DA VIAGEM (2018)

  1. Almoço no Bar do Celso – Matriz de Santo Antônio – Chafariz São José – Rua Ministro Gabriel Passos – Igreja São Francisco de Paula – Largo das Forras – Jantar no Tragaluz
  2. Almoço no Restaurante Pau de Angu – Bichinhos – Casa Torta – Jantar no Tre Pizzaria
  3. Passeio de Charrete – Viagem de trem para São João Del Rei

PLANEJANDO SUA VIAGEM?

Reservas em Hoteis Aluguel de Carros Seguro de Viagem Ingressos / Excursões

Se precisar de ajuda planejando sua viagem, podemos ajudar. Clique aqui

TIRADENTES

DIA 1

Passamos todas as manhãs da viagem aproveitando a estrutura do hotel. Nosso filho de 2 anos já acordava querendo ir andar nos pôneis da fazendinha. Acordávamos, tomávamos café-da-manhã e já pegávamos a trilha junto aos instrutores para o passeio nos pôneis. Ao voltar da fazendinha ficávamos na piscina ou no Espaço Kids do hotel, que por sinal é muito bom.

Roteiro de 3 dias em Tiradentes. O que fazer?

Saímos para aproveitar Tiradentes na hora do almoço. Como o sol estava escaldante, decidimos ir de carro por causa do Enzo, mas pode-se fazer o roteiro a pé tranquilamente. Almoçamos no famoso Bar do Celso, bem no Largo da Forras. O restaurante é bem simples e serve comida mineira clássica. Pedimos o Tutu para 1 pessoa, que serviu facilmente a nós dois e ao nosso filho, e ainda sobrou. Custou R$31,00 e vem acompanhado de lombo, costelinha, lingüiça, torresmo, arroz e couve. O único porem é que não aceita cartão, então leve dinheiro.

Ao sair, fomos para a principal igreja de Tiradentes, a Matriz de Santo Antônio. Como era meio de semana, foi bem tranqüilo estacionar na porta. A vista do lado de fora é bem legal, mas a parte de dentro é mais interessante ainda. Pena que não pode tirar foto lá dentro. O ingresso custa R$5,00 e vale muito a pena entrar para conhecer.

Ao sair da igreja fomos visitar o famoso Chafariz São José. Localizado a uns 5 minutos da igreja, o chafariz é uma das atrações mais famosas de Tiradentes. Datado de 1749, o chafariz abastecia tanto a população quanto os animais de Tiradentes. Na sua fachada é possível ver uma rara imagem de São José de Botas, além de um Brasão de Armas do Reino de Portugal. Como era meio de semana, também foi muito tranqüilo de estacionar em frente ao chafariz.

Aproveitamos para andar um pouco pela Rua Ministro Gabriel Passos, onde se pode encontrar dezenas de lojinhas com produtos típicos, incluindo muitas opções de produtos da Culinária Mineira, como queijos, doces, etc.

Pegamos o carro e fomos para a Igreja São Francisco de Paula. Não entramos; só paramos pela vista, com certeza uma das mais belas de Tiradentes.

Como estávamos de carro, decidimos parar no Doce de Leite do Bolota, para experimentar o tão falado doce-de-leite. Criado em 1976 pelo “Bolota”, o doce de leite leva 15 litros de leite para apenas 200 g de açúcar, pois ele era diabético e precisava de uma receita com menos açúcar. Depois que ele morreu, a esposa e a filha continuaram fazendo a receita, que hoje e sucesso absoluto em Tiradentes.  A casa fica a uns 5 minutos de carro da igreja, talvez uns 10 minutos andando. Infelizmente não tinha no dia, fica para a próxima.

Paramos o carro no Largo das Forras e ficamos na praça por um tempo, brincando com o Enzo, pois tínhamos que esperar até as 19:00 para o jantar no Restaurante Tragaluz.  Como estava no meio da semana, não foi preciso fazer reserva, mas dependendo do dia / época faça reserva, pois vive lotado.

O Restaurante Tragaluz é um dos melhores, se não o melhor de Tiradentes. Toda vez que vamos a Tiradentes procuramos jantar pelo menos 1 vez lá. Dessa vez pedimos um Arroz D’angola (R$69,00) e um Bife Angus com Ravióli de Queijo Minas (R$72,00). Os pratos são fartos e deu pra nós dois e o Enzo comermos bem. De sobremesa não podia faltar a tão famosa Goiabada Tragaluz (R$29,00). Como sempre estava tudo sensacional. Não é tão barato como alguns restaurantes de Tiradentes, mas também não é tão mais caro que a maioria dos outros restaurantes famosos de Tiradentes.

DIA 2

Novamente passamos a manhã toda no hotel, aproveitando a ótima estrutura do Santíssimo Resort.

Saímos em direção a Bichinhos na hora do almoço, pois queríamos almoçar no Restaurante Pau de Angu, no caminho de Bichinhos. O restaurante fica dentro de uma fazenda; a vista das montanhas e a calma do lugar já pagam o almoço. De entrada pedimos a porção de Pastel de Angu (R$20,50). Muito bom. Já para o almoço, pedimos 1/2 porção do Filé Mignon Pau de Angu, que vem com arroz, feijão, batata, couve e farofa (R$98,80). Como em outros lugares, a meia porção deu para nós 3 e ainda sobrou. Também não aceita cartão, então leve dinheiro.

Roteiro de 3 dias em Tiradentes. O que fazer?

Após passear um pouco pelas lojas de Bichinhos levamos o Enzo para o a maior e melhor surpresa da viagem; a Casa Torta. Criada pelo casal Renato Maia e Lu Gatelli, a Casa Torta em Bichinhos já tem perto de dois anos de vida. O Enzo amou o lugar, ficou falando por dias que queria voltar lá. A descrição feita pelo site explica exatamente o que é a Casa Torta; “A Casa Torta é divertida, aconchegante e surpreendentemente torta. Um espaço de recordações, lúdico e interativo que agrada aqueles que gostam de cor, riso, poesia e arte. Neste mundo torto e encantado não existe sinal de telefone, nem wi-fi. A conexão está nos momentos vividos entre as famílias que desligam seus eletrônicos e se entregam exclusivamente à brincadeira.”

Pensa em uma criança feliz. O Enzo amou e não queria ir embora de jeito nenhum. O preço é R$10,00 por hora para cada membro da família. Dinheiro super bem gasto. Lá dentro tem jogos de tabuleiro, camarim de teatro, brinquedos antigos, lojinha, biblioteca, caixa de areia, cama elástica, e muitas outras opções. Se você tem criança, a Casa Torta virou parada obrigatória em Tiradentes. Sem contar que os donos são super gente boa e receptivos. Os cafés também são de alto nível. Pena que só a conhecemos no penúltimo dia da viagem, pois com certeza teríamos ido lá mais vezes.

Iríamos jantar no Angatu. Desistimos da idéia devido ao horário que voltamos de Bichinhos e jantamos na Tre Pizzaria, perto do Largo das Forras e do hotel. Pizza gostosa, bem fininha. Entretanto foi uma pena, pois realmente queríamos ter conhecido o Angatu.

DIA 3

Roteiro de 3 dias em Tiradentes. O que fazer?

Iríamos embora depois do almoço, então esse era nosso último dia para aproveitar Tiradentes.

Depois da última ida à fazendinha, deixamos o hotel e fomos primeiro para o Largo das Forras, pois queríamos levar o Enzo para passear de charrete. Pelo que nos foi passado, existem 3 opções de passeio (R$50,00 – R$60,00 – R$70,00). Não sei se isso é padrão ou é para dias menos movimentados, como no dia que fomos. Escolhemos o de R$50,00, pois ele passava no famoso Chico Doceiro (Não deixe de ir lá e levar alguns canudinhos com você).

O trem para São João Del Rei sairia as 11:30 nesse dia (o horário é refeito mensalmente, então não deixe de olhar antes). Ao terminar o passeio de charrete já fomos direto para a estação, que demora de carro uns 10 minutos. Dentro da normalidade, só funciona Sexta, Sábado e Domingo, então planeje seu roteiro com cuidado caso queira ir. Dependendo da época é bom comprar ingresso antecipado, mas como a cidade não estava cheia compramos lá na hora mesmo. Os ingressos custam R$60,00 somente para ida e R$70,00 para ida e volta.

Aqui você tem três opções: A primeira é pegar o trem só de ida e voltar de taxi/ônibus para Tiradentes. A segunda é pegar o trem, passar o dia em São João Del Rei e voltar por volta das 16:30, ou fazer como agente fez. No nosso caso, fomos eu e o Enzo no trem, e o Breno foi de carro, pois ao sair da estação já pegamos a estrada de volta a Belo Horizonte.

Tiradentes é tudo de bom. Pena que a cidade estava tão vazia. Mas com certeza voltaremos, talvez durante a Semana de Gastronomia, que todos dizem ser bem legal.

Na volta, não deixe de parar em Lagoa da Prata e levar o famoso rocambole da cidade.

ONDE COMER EM TIRADENTES

PLANEJANDO SUA VIAGEM?

Reservas em Hoteis Aluguel de Carros Seguro de Viagem Ingressos / Excursões

 

2 Comments

  1. 19 de abril de 2018 at 09:43 — Responder

    Das cidades históricas daqui de Minas, essa com certeza é a que eu mais gosto. Vou lá quase todo ano!

  2. 28 de abril de 2018 at 10:17 — Responder

    Puro charme essa cidade!! Amei! O interior de Minas é todo lindinho!!

Leave a reply