Home»Pelo Mundo»Africa»Marrocos»7 dias em Marrakesh. O que fazer?

7 dias em Marrakesh. O que fazer?

0
Shares
Pinterest Google+

Um pouco sobre Marrakesh

Em Dezembro de 2013 estivemos em Marrakesh no Marrocos para ver o Galo no Mundial de Clubes. Foi minha oportunidade de conhecer esse país que é considerado a jóia do continente africano. Marrocos é um lugar diferente de tudo que você pode visitar no mundo. Lá se encontra riquezas naturais, aldeias perdidas, desertos de areia sem fim, e uma cultura totalmente diferente da nossa.

7 dias em Marrakesh. O que fazer?

Meu roteiro começou em Marrakesh, cidade mais famosa do Marrocos em relação ao turismo. Conhecer a cidade é ver o modo de vida e cultura deles. A influência da religião mulçumana e das culturas europeias, alem dos antigos povos berberes é percebida na comida, na impecável forma de negociação dos comerciantes e na arquitetura. Um lugar religioso e rigoroso, e que ao mesmo tempo tem as melhores boates e resort de luxo do continente. Bom, só o ar exótico da cidade já é um belo convite para viajar para lá.

Onde ficar em Marrakesh

O que não faltam são opções de hospedagem para todos os bolsos e gostos: Albergues, Hotéis de Rede Internacional, Luxuosos resorts, spas e os Riads (antigas casas marroquinas dentro da Medina.)

Escolhemos ficar em um Riad dentro da Medina. O Dar Andamaure tem apenas 4 quartos e você se sente realmente em um lar marroquino.  Este Riad foi um paraíso no meio do caos da Medina. Eu queria muito ter a experiência de ficar hospedada nestas antigas casas marroquinas e a escolha não poderia ter sido melhor! Tudo foi perfeito, desde o conforto da casa, café da manha maravilhoso, estrutura e principalmente a forma tão acolhedora da casa. Eles oferecem o banho turco, translado do aeroporto e também comemos um jantar típico maravilhoso feito no Riad pelo Abdullah, que é um cara super gente boa e prestativo que faz de tudo no Riad. Segue link do Riad, assim como algumas opções bem avaliadas no booking.

Selman Marrakech – 5 estrelas (9,4/10 no Booking.com)

Al Fassia Aguedal – 4 estrelas (9,4/10 no Booking.com)

La Maison Blanche – 4 estrelas (8,4/10 no Booking.com)

Dar Andamaure – 3 estrelas (9,5/10 no Booking.com)

Outras Opções de Hotéis

ROTEIRO DE 7 DIAS EM MARRAKESH (2013)

Dia 1 (Praça Jemaa el-Fnaa)

Chegamos no aeroporto de Marrakesh – Menara Airport no finalzinho da tarde, . Tínhamos um transfer incluso no serviço do hotel, que considero ser imprescindível se for se hospedar na Medina. Dentro da Medina não circulam carros. É um verdadeiro labirinto de ruelas para chegar ao Riad e sem um guia é uma loucura.

É inexplicável a sensação que se tem quando se chega na Praça Jemaa el-Fnaa. Milhares de pessoas disputando o espaço com cavalos, motos e bicicletas, alem de muito barulho, pessoas gritando tentando vender de tudo, música das apresentações típicas, encantadores de cobras e o som das Mesquitas chamando os fieis para a oração. A mistura de cheiros, temperos e carnes assando se misturam com o mal cheiro do esgoto percebido em alguns lugares. Esse choque inicial é normal, mas no segundo ou terceiro dia você vai se acostumando com tudo.

7 dias em Marrakesh. O que fazer?

Depois de deixar nossas malas no Riad e apreciar o por do sol do terraço, voltamos para a Praça Jemaa el-Fnaa para jantar.

O local se transforma a noite. Saem as barracas de comercio de mercadorias e os encantadores de cobras e dão espaço para dezenas de barracas de comidas exóticas que vendem todo tipo de comida “estranha”, como cérebro de carneiro e testículo de boi. Comemos uns espetinhos de frango e filé com pão, que estavam sensacionais. Com certeza não será o lugar mais higiênico que você irá comer, mas estava tão bom que não importamos com alguns detalhes.

Dia 2 (Mesquita La Koutoubia / Cyber Parc Moulay Abdessalam / Jardins Majorelle)

Um dos nossos objetivos neste dia era trocar os vouchers do bilhete do jogo do Galo.

Ficar hospedado na Medina significa que para ir para qualquer lugar você tem que passar pela Praça Jemaa el-Fnaa. Ao lado da  praça esta situada a Mesquita La Koutoubia, que é a maior mesquita de Marrakesh e um dos cartões postais da cidade, alem de ser considerada patrimônio mundial da Unesco. Tiramos algumas fotos da área externa, pois não mulçumanos não podem entrar nessa mesquita.

Saímos da Medina e fomos andando até o bairro Guéliz – a parte moderna da cidade. No caminho passamos pelo Cyber Parc Moulay Abdessalam. Trocamos os ingressos e almoçamos em um café francês na Place Du Novembre que era bem perto do posto de troca.

Depois do almoço, seguimos para o Jardin Majorelle. O Jardin Majorelle é um jardim botânico lindo, construído pelo estilista francês Yves Saint Laurent, e onde atualmente estão suas cinzas. Considerado “Uma miragem psicodélica no meio do deserto”, segundo o Lonely Planet. Realmente um lugar muito bonito. O local também conta com um Museu Berbere, que mostra a história e a cultura das tribos que habitaram o norte do continente africano. Super interessante!

7 dias em Marrakesh. O que fazer?

Antes de voltar para o Riad passamos pelos Souks. Andar pelos Souks e se perder pelas ruelas dentro da Medina é uma das atrações da cidade.

Souk é nome que se dá para os mercadinhos dentro da Medina, vendem de tudo (temperos, artigos de couro, souvenirs, roupas, artigos de decoração, entre tantas outras coisas). Essa é a parte que você terá contato com alguns grandes negociadores. Na verdade, nada tem preço explicito, tudo é negociado na hora. Tivemos a experiência do preço cair 80%! Então não deixe de pechinchar mesmo!

Jantamos no restaurante Chez Brahim, localizado dentro da Medina. A especialidade eram os Tagines Marroquinos e a comida estava muito boa.

Dia 3 (Excursão Essaouira)

Clique no link do post e veja como foi nosso dia na linda cidade de Essaouira

Dia 4 (Jogo do Galo)

Dia do jogo! Não fizemos nada neste dia. Acordamos tarde, almoçamos, andamos um pouco pela Medina e depois fomos para o jogo.

7 dias em Marrakesh. O que fazer?

Dia 5 (Museu Dar Si Said / Museu de Marrakesh / Medersa Ben Youssef / Palais Badi / Saadiens Tombeaux)

Esse foi um dia reservado totalmente para as atrações turísticas da cidade.

Pegamos o mapa e fomos a pé a todos os locais. Começamos pelo Museu Dar Si Said, também conhecido como Museu das Artes Marroquinas. Esse museu é considerado o mais antigo da cidade e o que maior número de obras exibe. Uma coisa interessante de alguns museus em Marrocos é o fato do lugar, nesse caso um palácio, ser a maior atração do Museu. O lugar é muito bonito e tem uma arquitetura bem diferente do que estamos acostumado.

Próxima parada foi o Museu de Marrakesh. Outro palácio extremamente bonito do final do século 19. Aqui, assim como no Museu Dar Si Said, o palácio em si foi o mais interessante da visita.

7 dias em Marrakesh. O que fazer?

Bem ao lado esta a Medersa Ben Youssef, foi construído por volta de 1570 e usado como escola corânica e albergue até 1962.  Uma medersa é um colégio ou escola muçulmana de ensino superior especializada em estudos religiosos. Essa Medersa é considerada a maior medersa de Marrocos. Esse foi o local que achei mais bonito em relação à arquitetura.

Depois das visitas, fomos andando pelos souks, ate chegar ao famoso Café Árabe, um Café Lounge Bar super bonito e descolado onde almoçamos vários pratos marroquinos deliciosos.

7 dias em Marrakesh. O que fazer?

Depois seguimos a pé (uma boa caminhada) para conhecer o Palais Badi, construído no século 16. Um lugar grandioso, com uma vista maravilhosa da cidade.

Ainda caminhando, seguimos para a Mesquita Kasbah e Saadiens Tombeaux. Este ultimo é literalmente um mausoléu do século 16 com várias tumbas dos membros da dinastia Saadi. A sala das 12 colunas de mármore é muito famosa e extremamente bonita.

Aproveite pa tomar um chá no Café Kasbah bem em frente as Saadiens Tombeaux, com uma vista privilegiada da Mesquita.

Proxima para foi uma visita ao Spa para o famoso Banho Turco. Veja esse post para saber como foi a experiência.

Jantamos no La Salama, um ótimo restaurante bem próximo da Praça Jemaa el-Fnaa.

Dia 6 (Excursão Montanhas Altas e Ait Benhaddou Kasbah)

Ait Ben haddou é um dos kasbahs mais exóticos e mais bem preservados do país. Fica próximo a Ouzazarte na entrada do Deserto do Saara no Marrocos. É uma tradicional cidade fortificada (ou ksar) feita de tijolos de lama, depois das Montanhas Atlas. Está na lista de Patrimônio Mundial da UNESCO, e foi também cenário de mais de 20 filmes.

Clique no link do post e veja como foi a viagem a esse lugar incrível.

7 dias em Marrakesh. O que fazer?

Quando voltamos ao hotel, tínhamos encomendado um jantar especial feito pelo Abdulah. Tajine de Cordeiro com amêndoas e ameixa. Delicioso!

Dia 7 (Palais Bahia / Dar Si Said)

Esse era o ultimo dia e ainda faltava conhecer o Palais Bahia e Dar Si Said.

Fomos até eles na parte da manha. E na parte da tarde fizemos algumas comprinhas.

7 dias em Marrakesh. O que fazer?

Fim de uma viagem incrível e inesquecível. Marrocos é sem duvida sensacional. Um lugar imperdível para os amantes de viagem e culinária.

4 Comments

  1. 22 de novembro de 2015 at 08:42 — Responder

    Vou fazer uma critica construtiva aqui. Desculpe-me mais ficou dificil lever um texto superficial, com afirmacoes incorretas e imprecisas (por favor, mencione as fontes) sobre o pais, sobre a cidade,etc. Os exageiros na descricao e para piorar o estilo da escrita que ficou super pobre e inconsistente. Porem obrigado pelas fotos. Esse post fez valer o ditado "1 foto vale mais que 1000 palavras'.

  2. 4 de dezembro de 2015 at 20:19 — Responder

    Eu discordo totalmente do comentário postado pelo North América pois estou em Marrakech e descreveria exatamente como a autora as impressões desta terra. Parabéns pelo seu blogue pois da uma ótima idéia do que se deve visitar e o que se pode esperar.

  3. 23 de fevereiro de 2016 at 21:19 — Responder

    Noth America.. Um blog é um site PESSOAL feito para o autor relatar as impressões e opiniões PESSOAIS… os seguidores seguem pois identificam com os textos, etc.. se o leitor não gosta é simples é só não ler e procurar outro blog que te agrade mais! Este blog tem centenas de seguidores e milhares e milhares de acesso, pois tem buscado ser original! Isso que importa! De qq forma brigada pela visita.

  4. 23 de fevereiro de 2016 at 21:19 — Responder

    Este comentário foi removido pelo autor.

Leave a reply