Home»Pelo Mundo»América do Sul»Peru»Roteiro de 3 dias em Lima. O que fazer?

Roteiro de 3 dias em Lima. O que fazer?

0
Shares
Pinterest Google+

Roteiro de 3 dias em Lima. O que fazer?

ONDE FICAR EM LIMA

Ficamos no Gran Hotel Bolivar e posso dizer que não ficaria lá de novo. Não só não gostamos do hotel, pois achamos tudo muito velho e com cheiro de mofo, como também foi fácil de perceber que era muito melhor ter ficado em Miraflores. O Gran Hotel Bolivar está localizado no centro de Lima, perto da Plaza San Martin. Apesar dessa região geralmente ser um pouco mais barato de se hospedar, vale a pena procurar por uma boa promoção na região de Miraflores quando for a Lima. Procure no Booking.com por opções de hotéis.

RESUMO DA VIAGEM (2009)

  1. Plaza San Martin / Centro Comercial Polvos Azules / Bairro de Chino / Basílica y Convento de San Francisco / Plaza Mayor / Catedral de Lima
  2. Puente de los Suspiros / Iglesia La Ermita / Museo de Sitio y Santuario Arqueológico de Pachacamac / Museo Nacional de Arqueología, Antropología e Historia del Perú
  3. Huaca Pucllana / Miraflores Indian Market / Parque John F. Kennedy / Parque del Amor / Shopping Larcomar / Circuito Mágico del Agua

PLANEJANDO SUA VIAGEM?

Reservas em Hoteis Aluguel de Carros Seguro de Viagem Ingressos / Excursões

ROTEIRO DA VIAGEM

DIA 1

Roteiro de 3 dias em Lima. O que fazer?Como estávamos no centro, resolvemos passar nosso primeiro dia pela região central/histórica de Lima. Começamos nosso itinerário passando pela Plaza San Martin, bem na porta do hotel. Logo em seguida pegamos um taxi para o famoso Centro Comercial Polvos Azules.

Pela distância até dava pra ir a pé, mas pelas nossas pesquisas prévias, alem de perguntar na recepção do hotel, ficou bem claro que a região era perigosa em relação a roubos. Já que taxi é tão barato em Lima, decidimos não arriscar. Não tivemos problema nenhum, entretanto não custa tomar cuidado em relação à bolsa/mochila/carteira/câmera/celular, etc.

O Centro Comercial Polvos Azules tem de tudo; de originais até réplicas perfeitas, além de coisas bem vagabundas mesmo. Pesquise bem para não comprar gato por lebre, e lembre-se que aqui vale a regra da pechincha. Pechinche o máximo que puder. Compramos várias camisas, que se não foram originais, eram de boa qualidade. Sem contar que os preços estavam ridículos em relação ao que se cobra no Brasil. A regra do taxi também funcionou para a hora da saída, principalmente agora que tínhamos sacolas em mãos.

O taxi nos deixou na Chinatown de Lima, conhecido como Bairro de Chino. Destaque para as centenas de lojas vendendo bugigangas chinesas, além dos muitos restaurantes com vários porquinhos-da-índia dependurados nas vitrines, já que esse é um prato bem típico da região.

Seguimos andando até a famosa Basílica y Convento de San Francisco, que fica ao lado da Plaza Mayor. Vale a pena à visita, mas tome cuidado caso não goste de lugares muito fechados, pois umas das principais, se não a principal atração do Convento, são as catacumbas com milhares de ossos de seres humanos, que são colocados em formas esquisitas no chão. Esse lugar é bem escuro/fechado. Durante a visita, foi recorrente algumas pessoas voltarem atrás e não continuarem a excursão.

Ao fim da visita fomos direto para a Plaza Mayor, que é uma das principais atrações de Lima. Em volta da Praça está situado o Palácio do Governo, a Catedral de Lima e outros famosos prédios históricos. A Catedral é bem bonita por dentro, com certeza vale uma visita. Alem de ser a maior igreja no Peru, lá dentro se encontra o túmulo de Francisco Pizarro.

Como fomos na época de Natal, deixamos para ir a Plaza mais para o fim da noite, pois tanto a Plaza quanto alguns dos edifícios ao redor estavam iluminados para o Natal.

Jantamos no restaurante T’anta, bem perto da Plaza Mayor. Comida excepcional.

DIA 2

Roteiro de 3 dias em Lima. O que fazer?Acordamos bem cedo e fomos de Tour para o Museo de Sitio y Santuario Arqueológico de Pachacamac, que não é lá grandes coisas. Vá de excursão, pois o lugar é muito grande e eles não permitem a entrada de Taxis, somente carros de companhias turísticas. O tour também incluía uma parada no Bairro Barranco, pela famosa Puente de los Suspiros e pela Iglesia La Ermita.

Achamos Pachacamac bem destruído, então não dava para visualizar muito do que foi falado durante o tour. Foi mais um aula de história do que uma visita mesmo. Além do mais, favelas tomaram conta ao redor de Pachacamac, o que tira um pouco a visão de cidade Inca.

Depois do passeio ficamos em Miraflores e almoçamos em um restaurante típico peruano, chamado La Cocina de Dario. O ceviche e o arroz com frutos do mar estavam deliciosos. O preço também foi bem em conta.

Saindo do almoço fomos para o Museo Nacional de Arqueología, Antropología e Historia del Perú. Muito legal esse museu, e o melhor que ele ainda era de graça. Se você gosta de arqueologia e esse tipo de museu, não deixe de ir aqui. São centenas de artefatos da civilização Inca a dispor dos visitantes. Muito legal mesmo.

DIA 3

Roteiro de 3 dias em Lima. O que fazer?Acordamos bem cedo e pegamos um taxi para o Huaca Pucllana. Diferente de Pachacamac, gostamos bastante. Bem mais preservado que Pachacamac. Não há necessidade de tour, apesar de haver guias (que cobram gorjetas ao final do tour) a disposição na entrada. Lá dentro tem um restaurante bem famoso também, mas como fomos de manhã não deu para aproveitar. Dizem ser bem legal jantar nesse restaurante com Huaca Pucllana iluminada em volta.

Ao sair, fomos a pé até o Miraflores Indian Market, que é uma feira bem legal de produtos típicos. Aproveite para comprar algumas lembranças de Lima.

Continuamos a andar, passando pelo Parque John F. Kennedy, que é uma praça bem legal em Miraflores. No caminho almoçamos no Restaurante Alfresco, que já foi escolhido o melhor ceviche de Lima por algumas vezes. Comemos 2 ceviches (um somente de peixe e um misto com um molho apimentado). Ambos estavam muito bons, principalmente o apimentado. Sem sombra de dúvida o melhor ceviche que já comemos.Roteiro de 3 dias em Lima. O que fazer?

Ao deixar o restaurante, fomos a pé até ao Parque del Amor para umas fotos e continuamos a seguir em direção ao Shopping Larcomar.

O shopping Larcomar é um shopping situado em um penhasco com uma vista sensacional do Oceano Pacifico. Demos uma pausa para um café enquanto apreciávamos a bela vista do oceano e aproveitamos para rodar o shopping e conhecer um pouco.

Já no fim da tarde, pegamos um taxi e fomos para o Circuito Mágico del Agua para assistir ao espetáculo das fontes de águas luminosas. Se você tem filhos, eles vão adorar aqui, principalmente se for na época do Natal. Se já é bem legal durante o ano todo, nessa época eles tem várias atividades relacionadas ao natal, como por exemplo uma casa gigante do Papai Noel.

Se precisar de ajuda planejando sua viagem, podemos ajudar. Clique aqui

 

7 Comments

  1. Anônimo
    26 de setembro de 2010 at 20:44 — Responder

    ola kamila,tudo bem ? esperoque sim…
    entao ,prazer em conhece-la eu me chamo Luann ,brasileiro, do maranhao . E estou pensando em ir em Lima ,para fazer compras de roupas (abercombrie,lacoste,hollister,ralph lauren).alem daquele shopping popular (mercado polvos azules) voce saberia me dizer outros locais de venda dessas marcas ?? ou tambem algumas dicas de hoteis baratos? a questao do cambio de moeda ,qual o melhor banco em lima? para a compra das roupas é melhor comprar em dolar ou em novo soles? vc tem msn ?? o meu é
    luann_play@hotmail.com
    desde ja obrigado

  2. Kamilinha
    26 de setembro de 2010 at 23:39 — Responder

    Oi Luann!
    é um prazer poder ajudar… Qdo fui só fiquei sabendo do mercado mesmo… mas se for comprar em grande quantidade com o pessoal das barraquinhas de la… quem sabe eles não te arrumam um fornecedor. Sobre os hoteis em Lima vc.. um hotel muito que uns amigos ficaram foi o Sonesta Posadas Miraflores Lima.. faixa de preço – R$ 180,00.. agora se quiser um bem barato tipo hostel vc pode dar uma olha no site http://www.Hostelworld.com e procura um mais em conta.. tipo o Pirwa Backpackers Prada.
    Com relacao a moeda .. eles pagam muito mal pelo REAL.. então leve em DOLAR e troque lá.. tem casas de cambio por toda a parte .. só aconselho não trocar em aerporto hoteis.

    qualquer duvida me responde esse post que eu te falo..

    Vc vai adorar o peru!!

  3. Anônimo
    24 de março de 2011 at 19:36 — Responder

    Oi adorei seu ralato, achei super interessante,
    estou indo agora para o Peru- Lima , fazer todo aquele roteiro.Agora estou em dúvida se contrato os serviços de agência ou se dar pra ir por conta propria,e sai mais barato? favor me ajude com sua experi~encia
    Regina,
    rmfoliveira@yahoo.com.br

  4. 27 de março de 2011 at 19:12 — Responder

    Oi Regina, claro que posso te ajudar.. Bom, na epoca que eu fui procurei um pacote na CVC que ficava tipo bem mais caro… o motivo de ser mais caro é que eles incluem vários passeios no pacote.. só que no peru vc pode fechar vários passeios por lá mesmo.. quem saem muito mais muito mais barato.. Faz isso compra sua passagem e hotel pelos sites de compra ou ag e os passeios vc deixa para fechar quando chegar lá.. (Exceto o de Machu Picchu que vc tem que comprar a entrada antes pelos site..

    http://penaestradacomigo.blogspot.com/search/label/Peru

    abçs e Boa Viagem..

    Kamila

  5. 25 de março de 2016 at 13:05 — Responder

    Otimo post.
    Ajudou bastante. Embora tenha mudado algumas coisas em razao de que faz 5 anos, p.e. valores, mas as informações importantes são válidas ainda hoje.

    Valeu.

    Obrigado.

    Julian
    http://www.julianrunner.com.br

  6. 4 de junho de 2016 at 12:56 — Responder

    Oi julian.. sim acredito que mudou muita coisa principalmente valores.. tenho vontade de voltar ao Peru e atualizar tudo com uma nova visao… obrigada pela visita.. abcs

    Kamila

  7. 24 de junho de 2016 at 10:24 — Responder

    Estive lá na 2ª quinzena de maio e adorei tudo.
    Visitei vários lugares (os principais indicados, em Lima.
    Depois fui a Cusco e Machu Picchu.
    Tudo muito gostoso.

    Adorei.

    Julian
    Blog: http://www.julianrunner.com.br

Leave a reply